"O inimigo mais perigoso que você poderá encontrar será sempre você mesmo." ( Friedrich Nietzsche )

terça-feira, 2 de setembro de 2008

The Alan Parsons Project - Tales of Mystery and Imagination - Edgar Allan Poe (Deluxe Edition)

.
Dedicado em especial ao amigo Elric, o Vicking, gente finíssima. Obrigada por tudo, Elric!



“O nome de Alan Parson, como produtor, engenheiro de áudio dos estúdios Abbey Road, compositor, arranjador e intrumentista solidificou-se desde o final dos anos 60. Apesar de ter trabalhado com Paul e os Beatles, Hollies e Ambrósia, foi com o Dark side do Floyd , que seu nome ficou muito mais conhecido e possibilitou a ele ganhar vários prêmios e notabilizar-se no meio musical.
Então, em 1976,ele inicia seu Alan Parson Project incorporando o texto de um dos mais intrigantes e brilhantes poetas americanos: Edgar Allan Poe em “Tales of Mystery and Imagination”, uma obra clássica e até hoje considerada pela crítica como insuperável em toda sua carreira. Embora utilize muitos elementos de pop progressivo neste trabalho ele deve ser considerado sinfônico e orquestral.



Apresenta diversos aspectos relevantes, desde a narrativa de Orson Wells, até a participação do legendário Arthur Brown, com sua voz característica mas muitas vezes indistinguível do Cris Farlowe, do Atomic (é o que se pode conferir na maravilhosa faixa, “The Tell-tale Heart”) . O tema central é “The raven”, retomado em “(The system of) Doctor Tarr and Professor Fether”, mas o ponto alto e progressivo deste trabalho é a suíte instrumental “The fall of the house of Usher”, orquestral e erudita. O trabalho é encerrado por uma faixa mais pop sem comprometer sua qualidade, além do que “The cask of Amontillado” é um lamento melódico muito interessante. Tem produção irrepreensível e uma qualidade técnica excelente considerando a maturidade de Parson, que praticamente produz e toca sinths e eventualmente cathedral organ. Com o apoio total do parceiro Eric Woolfson e de alguns músicos de estúdio Parson produz um clássico progressivo para ficar na história do gênero. Embora muitos possam até lamentar sua metamorfose após seus primeiros trabalhos no final dos anos 70, só com Tales of Mystery and Imagination ele já teria feito o suficiente.”

A resenha acima foi escrita por Zambinha, da Soundchaser


***Em 320 kbps + Art Completa***

Músicos:

- Orson Welles, Leonard Whiting / narration
- Joe Puerta, David Paton, Les Hurdle / bass
- Darryl Runswick / string bass
- David Paton, Ian Bairnson, David Pack, John Miles / guitars
- Laurence Juber, Kevin Peek / acoustic guitars
- Stuart Tosh, Burleigh Drummond / percussion
- Billy Lyall, Eric Woolfson, Christopher North / keyboards
- Francis Monkman, Eric Woolfson, Andrew Powell / organ
- Francis Monkman / harpsichord
- John Leach / cimbalom & kantele
- Hugo D'Alton / mandolin
- Billy Lyall, Alan Parsons / recorders
- Alan Parsons / projectron & synths
- David Paton, Alan Parsons, Eric Woolfson, Jack Harris, Terry Sylvester, Jane Powell / backing vocals
- Bob Howes and The English Chorale, Westminster City School Boys Choir / backing choir
- Arranged and conducted by Andrew Powell / orchestra






Faixas:

Disc 1 (1976 Original Album)

1. A Dream Within A Dream
2. The Raven
3. The Tell-Tale Heart
4. The Cask Of Amontillado
5. (The System Of) Doctor Tarr And Professor Fether
6. The Fall Of The House Of Usher
6. a) Prelude
6. b) Arrival
6. c) Intermezzo
6. d) Pavane
6. e) Fall
7. To One In Paradise

Bonus Tracks:
8. The Raven (Original Demo)
9. Edgar (Demo Of An Unreleased Track)
10. Orson Welles Radio Spot
11. Interview With Alan Parsons and Eric Woolfson (1976)







Disc 2 (1987 Remix)

1. A Dream Within A Dream
2. The Raven
3. The Tell-Tale Heart
4. The Cask Of Amontillado
5. (The System Of) Doctor Tarr And Pfofessor Fether
6. The Fall Of The House Of Usher
6. a) Prelude
6. b) Arrival
6. c) Intermezzo
6. d) Pavane
6. e) Fall
7. To One In Paradise

Bonus Tracks:
8. Eric's Guide Vocal Medley
9. Orson Welles Dialogue
10. Sea Lions In The Departure Lounge - Sound Effects And Experiments
11. GBH Mix - Unreleased Experiments


5 comentários:

Carlos disse...

neide amiga, te felicito como siempre por lo que haces aqui....y gracias por este regalo de alan parsons proyect.....
un abrazo , carl

Neide disse...

Gracias Carl, lo se o cuanto es sincero, es siempre un gusto hablar contigo aca en chat!

Besos hermano!

BORBOLETAS DE JADE disse...

Saudações e vida longa e prospra.
De passagem por aqui, deixo meus cordiais apreços pela magnifica forma de espressão visual e de conteudo de seu blog.Mas ainda por felicitar meus trabalho no borboleta de jade a quem tenho começado um trabalho de divigação dos 3 pilares do jazz.Grato e meus prestimos.

Neide disse...

Obrigada companheiro, o respeito e a admiração são recíprocos. Nossa paixão em comum pelo som do Miles torna nossa fraternidade virtual ainda mais intensa.

Conte comigo sempre, no que estiver ao meu alcance poder te ajudar. Abraços e ósculos!

Mestre Splinter disse...

Viagem pura esse Allan Parsons...



...são o ouro, estes teus posts sobre o Poe!